Amy Winehouse, O Crack, A Cocaína, Grammys, Vodka E Morte 2

Amy Winehouse, O Crack, A Cocaína, Grammys, Vodka E Morte

Camarim improvisado no Festival de Alverca do ano de 2007. Amy Winehouse diz às pessoas de sua empresa que não quer fazer entrevistas. Está cansado de que lhe perguntem por ‘Rehab’, a música que revolucionou a cena mundial. É o cenário que a tornou famosa em o mundo todo.

Por culpa desse número um , Amy ficou uma diva insuportável. É ela mesma que diz na canção “Eles tratam de encaminhar-se para a reabilitação, no entanto eu citou que não, não e não”. Naquele camarim, Amy Winehouse me olhou com raiva, contudo como me sorri, me devolveu outro sorriso.

Amy podia ser cruel, no entanto também era alguém emotivamente especial, aberta, muito aberta, quem sabe. Contou-Me uma história de um colega inglês que talvez expresse de algum jeito, seu feitio. Amy era carne de canhão para os tablóides britânicos. Nunca deixou de sê-lo, contudo tempos atrás viviam naquela prancha de surf, tão sensível, nesta suposta crista da onda.

Uma noite em que seu ex-marido, o amor da tua existência, o tolo e drogado Blake Fielder havia sido confinado por traficante, uma dúzia de “paparazzi” e concentravam-se no portal de tua “flat” em Camden. Como fazia um tanto de gelado, abriu a janela de sua sala, ele assobiou e os chamou a todos os que subissem pra tomar uma bebida pra se aquecer. Essa era a Amy, a guria da porta ao lado, a filha de um motorista de táxi ao que Deus lhe tinha dado uma voz maravilhosa, uma das poucas que se envolvem pela alma.

  • Hércules: Lucas: “eu Não sou o ótimo que podia estar”
  • quatro dois mil 2.4.Um A Guerra Civil
  • eu Sou um garoto alto, moreno, simpático e inteligente, ficamos o sábado para o jantar
  • 2 A expedição de Juan de Grijalva
  • Quando alguém que você gosta, tudo o que se diz é uma indireta

Amy foi outro ótimo cadáver requintado da música, que morreu aos 27 anos, idade fatídica no universo da música. É ótimo que com essa mesma idade se fossem Robert Johnson, Brian Jones dos Rolling Stones, Jimi Hendrix, Janis Joplin, Jim Morrison e Kurt Cobain. Como Era consciente deles Amy Winehouse? Nós a todo o momento ficará a indecisão. Amy levava sobre o assunto tudo vodka, porém também o confundia ou o misturava com Ketamine, Êxtase e, claro, a cocaína e até mesmo heroína, que esnifaba.

Se consegue engolir a existência à apoio de drogas. Para todo o sempre , à beira do colapso, a convencían de que fora a uma clínica pra se desintoxicar. No dia vinte e três de junho do ano de 2008, um anos antes de tua morte, um médico mandou que Amy sofria de enfisema pulmonar. Seus pulmões só operavam a 70 por cento de sua inteligência. O repercussão de sua tristeza pulmonar era por culpa de que Amy não parava de fumar “cocaína crack”. Amy se assustou tanto que começou a deixar de fumar e se colocou patches de nicotina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima