Inovação Aberta E Novos Modelos De Negócio 2

Inovação Aberta E Novos Modelos De Negócio

O teórico americano é autor do conceito ‘open innovation’ e acredita que as corporações necessitam se reinventar inclusive até quando o seu modelo de negócio funciona. Foi quando estava estudando como innovaban grandes companhias industriais, que se deu conta de que algumas delas tinham dificuldades reais na hora de competir com empresas mais pequenas. Essas corporações pequenos não tinham, contudo, a história, a técnica ou as tecnologias das grandes: “e, ainda deste modo, estavam vivendo um vasto sucesso”, afirma o teórico americano e professor adjunto da Universidade de Berkeley.

Ao ceder um passo pra trás e constatar com perspicácia, Chesbrough foi apto de indentificar padrões mais amplos em diferentes companhias. “Reconheci uma maior abertura das empresas mais pequenas”, diz. Agora, o teórico é também presidente do Centro de Inovação Aberta do Brasil. O que acontece é que o lapso de tempo que existe entre os negócios e a pesquisa acadêmica freia a inovação.

Para preencher essa lacuna, de acordo com o especialista, necessitam ser promovidos encontros entre os dois atores. “Sendo assim é mais simples do que as pessoas da academia identifique os desafios industriais. E, por tua quota, a organização identifica soluções para eles com um entendimento mais profundo”. Este norte-americano insiste pela necessidade de explicar para as organizações, pelo que é necessário inovar, ainda que o teu padrão de negócio funcionar.

  • Estou trabalhando no desenvolvimento de meu site e meu website e de imediato jogar o padrão de negócio
  • Capítulo 3×113 (592) – “¡¡¡Surpresa!!!”
  • você Tem a emoção de ter fracassado muito no decorrer de tua existência
  • 28 dias demora pra abrir um negócio no Brasil, segundo o Banco Mundial

, E de que, com o tempo, há algumas forças que aumentam a guerra e cortam os seus lucros “se você esperar excessivo gostaria de ter feito alguma coisa antes pra estar pronto. A inovação é uma necessidade”. É, por conseguinte, um investimento, uma política de segurança para o futuro, bem como pra próximas gerações. É tão sério refletir nas próximas tecnologias emergentes, como os modelos de negócio. “A ideia do crowdfunding está crescendo e chegará à Europa também”, diz.

Quando, no passado, um precisava de dinheiro pra começar um negócio tinha que dirigir-se a um banco. Iniciar um negócio tornou-se uma tarefa dificultoso. Não obstante, esse paradigma faz praticável do que uma ideia possa ter sucesso, graças à ajuda de pessoas que possam estar interessadas e, em troca, o investidor será uma das primeiras pessoas a usá-lo. “É uma forma de abrir a forma de estabelecer um negócio com pessoas que não conhecemos no entanto que gostam da ideia”, diz.

Outro exemplo de transformação traz tua visão ao Barcelona. Fixa-Se na comunidade maker que se serve da impressão 3D. “Unido a um instrumento de crowdfunding é possível protopipar idéias que poderiam ser o ponto de partida pra um negócio”. Com tudo, com o crowdfunding se torna mais complicado fazer com que um negócio seja sustentável: “que eu faça uma coisa e uma pessoa que apoie não significa que irá cobiçar apoiar a próxima coisa que eu faça”, observa Chesbrough. Torna-Se, porém, em uma marca que segue uma comunidade de pessoas, de consumidores. Com eles, a empresa pode discutir e interagir para transformar a marca numa idéia mais sustentável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima