Joseph Hubertus Pilates 2

Joseph Hubertus Pilates

a Nova Iorque, Estados unidos da América, 1967) foi o criador de um esquema de treinamento físico-mental que se chamou Contrología, por priorizar o controle da mente sobre o corpo humano. Nos dias de hoje é denominado como jeito Pilates ou simplesmente Pilates. Joseph Pilates nasceu em nove de dezembro de 1883, pela pequena cidade de Mönchengladbach, perto de Düsseldorf.

Seu pai, cujo nome original era Pilatu, era de ascendência grega e foi um premiado atleta na Alemanha. Sua mãe era naturopata e de ascendência alemã. Parece que no decorrer da tua infância, as novas gurias lhe insultaram falando: “Pôncio Pilatos, assassino de Jesus cristo”, pra que mais tarde decidiu alterar seu sobrenome.

Joseph foi um pirralho magro e doente. Ele sofreu de asma, raquitismo e febre reumática, que desenvolveu uma musculatura fraca, que resultou em alterações posturais e anquilose articular (redução ou impossibilidade de movimento). Isto levou-o a aprender o organismo, pesquisa a maneira de avigorar-se através do exercício físico. O médico da família lhe presenteou com um velho manual de anatomia e com ele conseguiu entender todas as partes do corpo.

Assim, praticou inúmeras disciplinas que influenciaram em seu jeito de treinamento, como musculação, disputa, yoga, tai-chi, meditação zen e fitness, o que somou o estudo da mecânica corporal e da respiração correta. Em 1912, mudou-se para Inglaterra pra aperfeiçoar a sua técnica como boxer, e bem como trabalhou no circo e como instrutor de defesa pessoal (diz-se que ensinou os detetives da Scotland Yard).

Após a batalha, ele retornou à Alemanha. Seu trabalho com os internos do campo de concentração ficou popular e foi convidado pra treinar a polícia militar de Hamburgo em legítima defesa. A sua fama estendeu-se entre a classe médica, pelo motivo de com o seu recurso conseguia que a reabilitação dos enfermos fosse mais abrangente e rápida. No barco que o levava aos Estados unidos, conheceu que se tornaria sua segunda esposa, Clara (não há dados sobre teu primeiro casamento).

  • a Minha alma por um amor (1964) Faustino
  • As telas ultra macias proporcionam um local macio e confortável para descansar para o seu animal de estimação
  • treze – Springer spaniel inglês
  • Armazena tuas latas em uma caixa
  • American Kennel Club – Italian Greyhound Histórica
  • Se suporta a falta dos PM1 (pré-molares 1) e os M3
  • Nigel Zirchron (John Standing)
  • 1 Club Penguin: Elite Penguin Force

Clara era uma professora de crianças que sofriam de artrite e que tentou durante a viagem pra aliviar tuas dores. Em 1926 abriram em Manhattan (New York), o número 939 a Oitava Avenida, esquina com a rua 56, um estudo pra aconselhar teu modo. Lá começou a trabalhar com os aparelhos que havia fabricado pra reabilitação, o cadillac e o reformer, e construiu outros novos, como a cadeira Wunda ou o barril. Diz-Se que o primeiro barril fez com um de cerveja e que usou as braçadeiras pra desenvolver o círculo mágico.

As máquinas foram fabricadas por teu irmão Fred, que era carpinteiro, causa na qual, seguindo esta tradição, na atualidade continuam sendo produzido em madeira e aço. Logo ficou popular entre coreógrafos e dançarinos, pelo motivo de, no mesmo edifício, havia inmensuráveis estúdios de dança e locais de ensaio.

Seu processo ajudava os dançarinos pra melhorar a tua técnica e a recuperar-se das frequentes lesões decorrentes do treinamento intensivo. Começaram a dirigir-se ao teu estúdio famosos bailarinos, como Ruth St. Denis, Ted Shawn, Jerome Robbins, George Balanchine e Martha Graham. Também algumas personalidades, como o ator José Ferrer, ou o escritor Christopher Isherwood. A coreógrafa Hanya Holm começou a agrupar os exercícios de Pilates pra tuas aulas. “Contrología”; “Equilíbrio de organismo e mente”; o Primeiro educar as garotas! Camas e cadeiras de estilo novo. Entre 1939 e 1951, Pilates e sua esposa vieram pro festival de dança Jacob’s Pillow, nas montanhas de Berkshire, em Massachusetts. ↑ “Deutscher Pilates Verband e.V”. ↑ Calderone, Gary (2011). the pilates path to health.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima