"Meu Filho Foi Morto Em vinte Minutos. Vi-Me Forçado A Tomar Decisões Drásticas" 2

“Meu Filho Foi Morto Em vinte Minutos. Vi-Me Forçado A Tomar Decisões Drásticas”

em 6 de maio de 2012, Luis, de doze anos, brincava pela sala de sua casa. Lá estavam tua mãe e sua irmã Elena. Ninguém podia idealizar o que estava prestes a suceder. Muito menos que a morte merodeaba por aquela sala. Sem saber ainda o pretexto, Luis aprisionado acidentalmente uma faca ao lado do coração. Com a finalidade de que não lhe regañaran pelo que ocorreu, se a george hayes e a escondeu debaixo do sofá.

foi andando para a cozinha e perdeu o discernimento. Sua mãe e irmã correram em seu auxílio. Também seu pai, que tinha acabado de entrar pela porta de casa. A cozinha ficou em poucos minutos em um caso digno de um video. O fedelho deitado no chão respirava sem movimento com os olhos abertos. Não sangrava. O derrame interno.

Sua pressão arterial caiu bruscamente. ” se ouviu em toda a casa. O coração de Luís deixou de bater. Quanto tempo você esteve falecido? Os médicos levaram-no ao hospital, durante o tempo que lhe insuflaban oxigênio e lhe faziam as compressões da ressuscitação cardio pulmonar com a intenção de alcançar reanimá-lo.

O conseguiram. Mas, O José Manuel Gil. “Eu sabia que os quatro minutos de ter o coração parado, as células cerebrais começam a morrer”. “Por gentileza, doutor, posso “, perguntava desesperado. “Muito, 20 minutos”. Naquele instante, o pai da criatura, se deu conta de que a dificuldade mais dramático de seu filho neste momento não era tanto a ferida como o dano cerebral sofrido.

  • Quatrorze maio, 2019 08:09
  • trinta e seis / quarenta e dois
  • Exercício
  • vinte e cinco / 42
  • Aparência das minas ao longo do Porfiriato

Luis estava imerso em um vigoroso sonho sonho. Tiraram-lhe a sedação e respirava por si mesmo, porém não acordava. José Manuel Gil é engenheiro, porém pertence a uma família de médicos e a toda a hora teve a feição de ler livros e pesquisas sobre o funcionamento do cérebro. Nunca pensou que o aprendizado adquirido podes proteger seu filho.

< / p>“, Como este nos disseram os médicos, sua mãe e eu lhe acariciábamos, lhe falávamos, em uma tentativa de estimularle, todavia não havia nenhum sinal de movimento em teu corpo”, lembra o pai. Empurrado pela passividade de seu filho, e fazendo memória de tudo o que li, José Manuel Gil decidiu lançar o seu respectivo jeito de reanimação a partir da super-estimulação. “Recebi novas opiniões por quota de familiares e amigos por estas “perrerías”, contudo eu estava convencido de meu mecanismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima