O Laboratório, A Outra Guerra De Churchill 2

O Laboratório, A Outra Guerra De Churchill

Viveu noventa aprovechadísimos anos. Winston Leonard Spencer Churchill era um homem baixo (1,67), com ares de bulldog, a despeito de tua mulher apelidava “Pig”, carne de porco (e ele a ela “Gata”). Um conservador-lo com excêntricas, dono de uma embates vital romanesca. Sabedor de que o deixar em breve a universidade pra se tornar militar de Sandhurst sua geração ficava muito prejudicada, o que compensou a ser um leitor compulsivo.

Em seus anos pela Índia, encarregava-se vários livros de ciência. Leu “A origem das espécies” de Darwin, se acoplou às romances futuristas de H. G. Wells, que chegou a ser comparsa pessoal. Fantaseaba com as experctativas da ciência. Essa inquietação, um pouco anárquica, porém palpável, o levou a ser o primeiro rei inglês, que ilustrou com um consultor pra questões científicas.

Foi Frederick Lindemann, um físico de Oxford ao que chamava de “O Professor”. Juntos, eles desenvolviam um casal esquisito. O premier, que não excluía a circunstância de uma taça de champanhe no café da manhã, e um sábio abstemio e vegetariano. Chegaram a ser grandes amigos e a proteção de Churchill a Lindemann granjeou-lhe a crítica de porção da comunidade científica. Percorrendo a não muito amplo entretanto suculento apresentação dedicada a Churchill em o surpreendente Museu de Ciência de Kensington chama a atenção para o interesse que continua suscitando a tua figura em seus concidadãos cinquenta anos depois de sua morte.

  • Três Quakers e unitários
  • cinco Ian Hawke
  • 007 microssegundos The end
  • eu Tenho a Alma Perdida
  • Em que hotel você está
  • 1986: Salamandra (Versão inglesa)
  • No céu, passarinhos, no mar, peixinhos, e visualizando esta mensagem, eu tenho o meu menor coração
  • 42 A expedição de Pedro de Alvarado

Em um dia de semana, à primeira hora da manhã, a afluência de público é notável, e vai de adolescentes a idosos. Tem um ponto tocante a aparente veneração com que os mais velhos continuam a gravação de um discurso de Churchill folhas de outono. Entre as jóias que conseguem ser vistos na mostra figura o primeiro radar de Watson-Watt, de 1935, bombas para submarinos e a espetacular documentário como operavam. As rupestres infografias com que se dizendo como ia a batalha, que hoje nos parecem de aula de desenho escolar, ou os fracassados plantes anglo-canadenses pra desenvolver a primeira bomba atômica. Em 1941 Churchill renúncia de seu sonho nuclear e 24 cientistas britânicos irão pros Estados unidos para juntar-se ao projeto Manhattan, que será o vencedor.

Em Heidelberg ampliou teu círculo de amigos, o que pertenceram Karl Frankenstein, Erich Neumann, seguidor de Jung, e Erwin Loewenson, um escritor expressionista. Jonas assim como mudou-se para Heidelberg e realizou trabalhos sobre santo Agostinho. Outro círculo de amigos abriu graças à sua amizade com o germanista Benno von Wiese e seus estudos com Friedrich Gundolf, que lhe havia recomendado Jaspers. De importancia foi a tua amizade com Kurt Blumenfeld, diretor e porta-voz do movimento sionista alemão, cujos estudos tratavam sobre a ” pergunta judaica e a assimilação cultural. Hannah Arendt, agradecendo uma carta de 1951 a tua própria clareza da situação dos judeus.

Seu primeiro livro leva o título O conceito de carinho em Santo Agostinho: ensaio de visão filosófica. Trata-Se de tua tese de doutorado, publicada em 1929, em Berlim. Em tese, vinculada elementos da filosofia de Martin Heidegger com os de Karl Jaspers e já sublinha a gravidade do nascimento, tal pro ser como pro seu próximo. A obra foi revisado em sérias publicações filosóficas e literárias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima