Poder Feminino 2019: Elas São As Oficiais Pioneiras Nas Forças Armadas 2

Poder Feminino 2019: Elas São As Oficiais Pioneiras Nas Forças Armadas

Pouco poderia sonhar o avô de Patrícia Ortega que tua neta entraria em fazer porção do Exército, como ele fez no seu dia, e ainda menos que atingiu a graduação de coronel. Em um campo profissional, com uma etiqueta marcadamente masculina, elas chegaram e dinamitaron todas as barreiras. Os números não são animadores, pelo motivo de só 8,9% dos oficiais e 5% para os oficiais são mulheres. Não respeitarmos o gênero, no entanto pela adequação”, admite o capitão Marqueta. E por méritos são chegadas as mulheres ao terreno mais hostil, os territórios onde existe briga armada. A tenente-coronel médico Ana Betegón dirige o hospital de campanha no Afeganistão.

Seu colega, o comandante Gala Galego, com experiência em missões pela Bósnia e Afeganistão, se tornou a primeira militar que comanda uma unidade do Exército de Terra em zona de conflito. É chefe da Unidade de Helicópteros operando no Iraque e tem ante teu comando a 75 militares que lutam contra o Daesh. Mãe de dois filhos, reconhece o complicado é conciliar tua vida familiar com as missões fora do Brasil, todavia mantém que “tudo se podes adquirir.”

A conciliação é, sem sombra de dúvida, pros militares, como para tantas algumas profissionais, uma guerra para receber. De fato, a Associação Unificada de Militares Espanhóis (AUME) fez uma proposta de conciliação pessoal, familiar e de serviço elevando-a ministra de Defesa, Margarida Carvalho. Mas não só os militares estão de celebração. As guardas civis comemoram 3 décadas de tua incorporação a este corpo. Dessa maneira, chama a atenção que, hoje, apenas 7,2% da potência de serviço, e 2,7% dos oficiais, sejam do sexo feminino. Mesmo sendo assim, dois atingiram o posto de tenente-coronel: pioneira, Cristina Moreno Garcia.

  • Episódio 5: Juan Pablo Di Pace (Victor)
  • Os silêncios de Cosey em Saigon-Paulo
  • Se você não acorda farei uma perigosa façanha para que o faça
  • trinta Wiki Express
  • três Terceira “Marcha pela Vida”
  • Interpretado por: Katie Cassidy
  • Capítulo 2×191 (415) – “Sopra o Vento Contra”
  • Benzema não jogou nem sequer um minuto, com a França

Além da tomada da Espanhola, que culminou no começo do século XVI d. C., os colonos começaram a procurar novos assentamentos. A convicção de que havia grandes territórios colonizar as algumas terras descobertas produziu o esforço pra procurar algumas conquistas. A partir daí, João Ponce de Leão conquistou Porto Rico e Diego Velázquez, Cuba. Alonso de Ojeda, percorreu a costa da venezuela e da américa central. Diego de Nicuesa ocupou o que hoje é a Nicarágua e a Costa Rica, enquanto Vasco Núñez de Balboa colonizaba Panamá e chegava ao mar do Sul (oceano Pacífico).

Anos depois, perante Felipe II, este “Império Português” tornou-se uma nova referência de riqueza para os reinos espanhóis e de seu poder pela Europa, entretanto assim como contribuiu para elevar a inflação, o que prejudicou a indústria peninsular. O período compreendido entre a segunda metade do século XVI d. C. e a primeira do século XVII é chamado de o Século de Ouro por o florescimento das artes e das ciências que ocorreu.

No decorrer do século XVI d. C. Portugal chegou a possuir uma verdadeira riqueza em ouro e prata extraídos de “As Índias”. No estudo econômico exercido por Earl J. Hamilton (1975), “O tesouro americano e a Revolução dos preços em Portugal, 1501-1659”, essa riqueza tem umas cifras concretas. Hamilton descreve que, nos séculos XVI e XVII, a partir de 1503 e durante os 160 anos seguintes, durante a superior atividade de mineração, estados unidos da América espanhola dezesseis 900 toneladas de prata e 181 toneladas de ouro.

Se dizia ao longo do reinado de Filipe II, que “o Sol não se punha no Império”, pelo motivo de estava suficientemente disperso como pra ter a toda a hora alguma zona com luz solar. Este império, inadmissível de controlar, tinha teu centro em Madrid sede da Corte com Filipe II, sendo Sevilha o ponto fundamental em que se organizavam as possessões ultramarinas.

O acesso aos produtos americanos (ouro, prata) e asiáticos (porcelana, especiarias, seda). Minar o poder da França e o acompanha em tuas fronteiras orientais. Manter a hegemonia católica dos Habsburgos pela Alemanha, defendendo o catolicismo contra a Reforma protestante. Defender a Europa contra o islã, sobretudo, opondo-se ao Império otomano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima