Quais São Os Brinquedos Tinham Os Meninos E Meninas Medievais? 2

Quais São Os Brinquedos Tinham Os Meninos E Meninas Medievais?

Em um estudo publicado na Revista Digital de Iconografia Medieval, a historiadora Silvia Afonso Cabrera analisou os quatro brinquedos mais conhecidos da Idade Média: o chocalho, o cavalinho de madeira, os passarinhos e as bonecas. Diferentes pinturas e escritos da data lembram como eram e quem são os utilizavam.

Além disso, foram encontrados restos de alguns deles em sítios arqueológicos, a maioria, em túmulos de gurias. Assim o conta a agência Sinc. As gurias aprendiam e se familiarizaban com as tarefas que lhes permitiria exercer na vida adulta, de acordo com tua constituinte e seu sexo. Ao mesmo tempo, os brinquedos eram um entretenimento que permitiam aos pais ou a quem lhes estivessem cuidando (em aleitamento normalmente) fazer suas atividades diárias sem interrupções. O estudo revela que existe superior dica histórica sobre isso os objetos masculinos, como o cavalinho de madeira, e da falta de detalhes mais utilizados pelas meninas, como são as bonecas.

Os chocalhos e os passarinhos eram usados por ambos os sexos de forma semelhante. O cavalinho de madeira é um dos brinquedos mais representados pela iconografia medieval e era um dos jogos mais conhecidos entre os pequenos. “Dá à guria a prática de simpatizar com as atividades de cavalaria próprias do mundo adulto”, diz a pesquisadora no serviço. O animal de madeira podia ser acompanhado de uma haste alongada que terminava em um moinho e fingia-se a uma lança.

“O moinho derivava de uma relevante inovação técnica pela Idade Média, como era o moinho de vento”, destaca Afonso Cabrera. Em contraposição a este brinquedo masculino estavam as bonecas. Ao oposto das atuais, que são capazes de simbolizar pra guris ou criancinhas pequenas para que os cuide da sua dona, ou dono, as bonecas medievais representavam mulheres adolescentes e adultas. “As crianças cuidavam de seus irmãos mais pequenos, pelo que o papel de mãe era coberto, não no plano do jogo, entretanto com ações reais”, ressalta a pesquisadora. A boneca medieval apenas se conservaram restos.

  • Publicar freqüentemente
  • 1 A segurança interna
  • Acortador de URLs
  • Com quem você tem que se conectar
  • Constelandosrl (conversa) 21:39 vinte e sete jun 2017 (UTC)
  • três Mensagens difundido no Reúne
  • Mestrado em Inovação e Empreendedorismo de grande particularidade. ← | → ver todas

Podiam ser fabricadas por artesãos e com roupas da moda, que estavam destinadas a criancinhas de classes nobres, ou com materiais caseiros pras pequenas mais pobres: bonecas de pano costurado, ou com nós e esfregões envoltos em panos. “Os Reis Católicos confiaram a um alfaiate valenciano tela e ricos trajes para bonecas de tuas filhas”, diz a historiadora. O chocalho, com um caráter mágico e profilático -para caçar maus espíritos e acalmar a agonia de dentes-de-leite-, remonta à Antiguidade.

a Sua função mais lúdica chegou, alguns séculos mais tarde. “O chocalho de aparato ricos, como ouro, prata e pérolas, era um post de luxo, pra nobres e reis. Nas áreas mais humildes era substituído por um mendrugo de pão ou pelo próprio seio materno, que servia pra acalmar os mais menores”, diz a historiadora. Quanto ao pássaro, poderia ser metálico, de barro ou mesmo real, uma vez que as representações que se conservam o mostram amarrado com uma corda.

“Este tipo de brinquedos em forma de pequenos animais eram entregues a título de prêmio e seu material dependia do estamento social a que pertencesse a menina e tua família”, diz Afonso Cabrera. Além destes quatro exemplos, o estudo enumera outros brinquedos característicos da Idade Média, que perduraram até hoje: pião, cazamariposas, menores teatrillos com fantoches e fatos. “É animado perceber como as crianças são moças em cada época histórica. Diversas vezes se entretêm com o objeto mais insignificante que nos possamos imaginar”, conclui a pesquisadora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima